Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOMINGO BLUE

OS RISOS FARTOS RASGAM A FACE LÁ NA PRAÇA,
OS OLHOS ARREGALADOS SE ESPANTAM E VIDRIFICAM.
O CORPO NU OSSADO ROLA E CAI DO SALTO,
EM SUSPIROS LARGOS FALA O ATO QUE SOLIDIFICA.
O VENTO FECHA A BOCA E CALA O VENTRE CONTORCIDO,
MASTIGA A LÍNGUA E FERE OS OUVIDOS,
EU AQUI DO ALTO ASSISTO O ESPETÁCULO,
VENDO TUAS RETINAS CALAR A TUA SINA.
VEIO EM PASSOS TROPEGOS E COM GESTOS FOSCOS,
NUM BAILADO LOUCO,SOLTO E SEM RIMA,
DESENHAVA O CHÃO EM VERSOS FRIOS ,DESCONEXOS.
VERTENDO A NOÇÃO,SEM PRUMO,SEM DIREÇÃO,SEM NEXO,
SEDUZIA OS AUTOS E OS LÍQUIDOS ROTULADOS,
ENCONTRAVA O TOM NO ASFALTO CRU E MOLHADO.
PERDENDO A RAZÃO NUM DOMINGO BLUE.
Ecila Yleus
Enviado por Ecila Yleus em 07/12/2007
Reeditado em 23/02/2008
Código do texto: T768036

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ecila Yleus). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ecila Yleus
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
328 textos (10453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:16)
Ecila Yleus