Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lua de Conservatória

Mil vozes cantaram teu nome,
tu, que aqui moras.... estavas ausente,
fez falta o brilho da tua luz.
..... será que não vieste por ciúmes ?
..... boba lua ....... lua boba, tudo em vão,
todas as vozes e as cordas das violas,
não brilham nem encantam mais que
teu clarão !!!

Mas, quando desces em plena luz
nesse penhasco,
e de ciúmes eu sei que morre um outro astro,
ficas tão perto pra ouvir nossa canção,
e o violeiro de amor enche o espaço,
com uma música que faz bem,
ao coração !!!










Renato César Nunes Paes
Enviado por Renato César Nunes Paes em 07/12/2007
Reeditado em 24/10/2009
Código do texto: T769041

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato César Nunes Paes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
106 textos (6150 leituras)
4 áudios (305 audições)
7 e-livros (581 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 04:36)
Renato César Nunes Paes