Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOVA REALIDADE
 
Tarcísio R.Costa
 
 
Por que manchar o meu poema
De tristeza,
Quando posso revelar minha alegria?
 
Por que seguir o caminho,
Pelo desvio das pedras,
Se posso ir pelas alamedas de flores?
 
A vida é passageira, é efemeridade,
Por isso,deve ser aproveitada e vivida
Sem ansiedade...
 
Não sei se é o que chamamos de inspiração,
Mas senti, de repente, uma febril vontade
escrever este poema e revelar que
 desejo corrigir o rumo do meu caminho...
 
Procurar criar uma novas realidades,
Eliminar os desamores e as mágoas
E construir novas amizades...
 
Exercitar o presente do verbo amar...
E nunca me arrogar dono da verdade...
 
Creio que assim, minha vida há de melhorar,
Mas, não quero eliminar os meus sonhos,
Quero conjugá-los com a realidade...
 
Quero revelar o perfil da minha verdade
Para, nesse âmbito de dignidade e pureza,
Ter ao meu lado a felicidade.
 
Brasília, 07 de dezembro de 2007
Tarcísio Ribeiro Costa
Tarcísio Ribeiro Costa
Enviado por Tarcísio Ribeiro Costa em 07/12/2007
Código do texto: T769136
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
547 textos (37733 leituras)
14 e-livros (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:03)
Tarcísio Ribeiro Costa