Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para não amar um poeta

Para não amar um poeta,
Tece-se uma rede de espinhos,
Um escudo de sintagmas,
Uma seqüência de nãos.
Fecham-se os olhos à alma,
Bloqueiam-se os prismas noturnos
Que trazem, abraçados ao vento,
Saudades inexplicáveis
E afinidades atemporais.
Para não amar um poeta,
Diz-se não às fantasias,
Banindo-se para um canto d’alma
O encanto com as palavras,
Pendura-se no canto dos olhos
Uma emoção fugidia,
Um desejo descontrolado,
Transforma-se tudo em poesia.

© Shirley Carreira
Shirley Carreira
Enviado por Shirley Carreira em 27/11/2005
Código do texto: T76933

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shirley Carreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
271 textos (19341 leituras)
10 áudios (2666 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:45)
Shirley Carreira