Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chorar, chorar...

Chorar, chorar
Está em tua cabeça
Essa força do choro
Quase chocado
Sujo ou não
Baixo e irado
Chorar, chorar
Oh! criatura
Vinde a mim
Por que choras?
Vens e me digas
Não, não quero ver-te mais
Com estas pequenas gotas
A correr-lhe as faces
Vens, e me deixas consolar-te
Esta aflita, aflita,
Situação aflita
Chorar, chorar
Oh! não, por favor não
Este leite já foste derramado
E o meu coração não resistirá
A este teu choro
Sentido,  agudo,
Chorado,
Chorar, chorar
Há muito me comoves
Por que choras?
Por que?

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7788
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:09)
Peixão