Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recanto, Mas Choro

Canto outro.
Sobre ti, esta água fria
Por entre mínimas notas,
Traz nas desventuras pares e poucas.
Poucas sim,
Relembrarás quais foram.
Dia outro não virá.
A mente, minha, somente minha,
Em tua face se esvai.
Rubra face.
Tantas cores, dores, dores, ...
Recanto novo
De virar a moeda, tino gaulês,
Revolta por todas as voltas.
Do solfejo feito e
Inspirado
Na tua ausência, tua.
E nua ficarás,
Como o canto dos meus olhos em choro.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7799
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:08)
Peixão