Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se voltares para tua terra,...

Se voltares para tua terra,
Nem te digo.
O que imaginas?
Outras são as desventuras,
Ditadas pela mão
De uma obscena competição.
Armar, armar,
Assim tens o cotidiano
Para muitas dores
A carne sentir.
Este falar me embarga a alma.
Choro num rasgo do peito.
Pois, bem tu fazes em teu exílio,
Por não sentir tanta amargura.
Da saudade, a vez escapa
Dos amores, são velas partidas
Caminhe, caminhe,
Sejam quais forem as paragens.
Se voltares para tua terra,
Não reconhecerás o teu abrigo.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7801
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:05)
Peixão