Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda resta uma ponta...

Ainda resta uma ponta
Pequena ponta, sim
Ainda resta, bem lá adiante
Olhar primevo, meio distante
Olhar ainda sem ser visto
Nem tudo é visível em tal distância
Ah! é parte da elegância ficar a par
Resta uma ponta, pálida escondida
Cálida luz ao véu horizonte
Cálida voz, sopro contínuo
Um resto de ponta, sem pressão
Sem pressa, com todos os receios
Loucura pequena, resto de ponta
Aponta adiante, mar disto da vista
Revista com folhas quebradas
Passado de folhas em ponta
O resto que surge aquém, mesmo distante
Ponta pequena de luz
Que se espelha no canto
Ao largo da noite
Ainda resta uma ponta.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7818
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
3231 textos (120191 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/16 17:53)
Peixão