Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivo Só



Eu vivo só,
em um mundo repleto de pessoas.
No meu grito ou murmúrio compassado,
estou só, somente minha voz ecoa.

Ando procurando uma razão
de falar, para eu ser escutado;
entretanto meu grito
fica preso, amordaçado.

Ando todos os dias
por ruas bem cheias, mas vazias.
Pessoas que passam, não passam de
de pessoas vazias.

Eu vivo só, mesmo sempre acompanhado,
minha voz se perde nos caminhos.
Por onde passo, mesmo calado,
deixo para traz o meu recado.

Ando sempre só,
minhas pegadas marcam as calçadas.
Meu peso é grande,
o mundo é bem pesado.

Ando sempre só,
mas sempre acompanhado.
Minha companhia só eu vejo,
me deixa sossegado.

Ando sempre só,
passos precisos, também vacilantes.
Sigo caminhos, procuro um destino
a todo instante.

Ando sozinho, procuro um caminho
que seja só meu,
onde eu possa trilhar
e então me encontrar.


05/01/05
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 29/11/2005
Reeditado em 08/08/2008
Código do texto: T78289
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110779 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:22)
Vanderleis Maia