Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tem um mundo horário...

Tem um mundo horário para escrever
Tem um mundo ali para correr
Tem uma parada adiante para a gente descer
Vieram cobrar um trabalho
Tem gente que pensa que cabeça é uma privada
Joga tudo que deglute
Não era para colocar esse ponto
Tudo é uma sentença solta
Tudo é uma subida densa
Tudo é uma água quase suja
E nem sempre com tempo para responder
Olho a caro do mundo
Não sei se estou olhando na direção certa
Nem sei se é mesmo para olhar
O que importa afinal
Tem muita gente nessa barca
São rumos divididos num mesmo rio
E não é aquele que passou por sua vida
Ele nunca vai passar, você sim
O rádio não toca a Joplin
Os blues não estão no verão
Verás, ver-te, vertido
Um novo lay-out perdido
Com licença, o telefone chama.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7843
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
3231 textos (120192 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 10:54)
Peixão