Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ESTRANHO...

Ao meu filho Massimo Ricardo De Benedictis Junior, poeta, cantor, violeiro, compositor e jornalista, meu primogênito e sucessor, com carinho...


Eu o encontrei um tanto envelhecido
a roupa suja, rôta e desbotada.
A face triste, alma derrotada,
marcas visíveis do amor perdido.

Não me reconheceu tão prontamente.
Olhou-me, assim, com um olhar estranho.
Sua aparência me lembrou o banho,
no cheiro que exalava fortemente...

Aos poucos, na sua fisionomia
um pálido sorriso estampado.
Seu rosto em espelho antigo e destroçado
uma caricatura refletia...

Tentei que ele então reconhecesse
o velho amigo, amigo de infância
e apelei, então, a toda instância:
Não houve argumento que valesse...

Ao relembrar os fatos do passado,
nada mudou em sua fisionomia.
Aquele estranho em sua fantasia
é a lição que a vida nos tem dado...
Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 29/11/2005
Reeditado em 11/12/2005
Código do texto: T78432

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:06)
Ricardo De Benedictis