Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma nau, outra Ilha, um Jardim!

Vem, toma minha destra de novo
Nesse embarque entre ondas
Vislumbre o ponto futuro
Mesmo que detenha-se entre perdidos
Tens cá um mapa para desatinos
Há um lugar seguro e seco
Para relaxar o corpo
O mal estanca na enseada
Enquanto tens o bem no coração
Sim, erga a cabeça para estrelas
Fixe aqui nesse horizonte
Mas se quiser apenas relaxe
Se são parcas lembranças
Do último e melhor gozo
Relaxe ainda, logo avista a Ilha
Em meia noite de viagem
Desembarca-se no alvorecer
Na Ilha poderá sair apenas só
Acompanhada de teus pensamentos
Ou com esta turba corsária
Entre cantos e vinhos
Domine teus receios no ágora
Mas não deixe de valer seus desejos
Toda a brisa pelos cabelos
Todo o tempo para ti
E um coração para te aquecer.
Mas se quiseres outros rumos
A nau escura ainda segue viagem...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 29/11/2005
Reeditado em 20/09/2006
Código do texto: T78472
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:07)
Peixão