Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite adentro, um respirar...

Noite adentro, um respirar descompassado
Mais uma lida transpassando o dia
O olhar no seguinte, outro respiro
O olhar de lado, na brisa da noite
Papéis pululam das emoções que ficam
E aquilo que é escondido no momento
Fica latente no olhar da noite
Outro respirar sem compasso
A agulha percebe o movimento
Mas tem uma retração no ar
A agulha sabe que falta mais um passo
Mas espera o próximo movimento
Toda uma tristeza já foi sentida
Toda uma angústia foi engolida
E o tempo é uma forma de esperar algo mais
Mesmo que outros papéis entrem no caminho
Mesmo que o olhar seja em outra direção
Você me olha e nem vê
Que eu ainda tem muito mais que amor, paixão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7862
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
3231 textos (120196 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 00:19)
Peixão