Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO TE QUERO


COMO TE QUERO
Lílian Maial


Não tenho olhos verdes,
Mas consigo enxergar
Teus sonhos.

Não sei se minhas pernas
São grossas o suficiente,
mas são fortes para eu correr
Na direção certa.

Meus seios fartos,
Nunca se fartarão de alimentá-lo
De leite, deleite, carinho,
Pouso da cabeça no ninho.

Minha verdade, nem eu dela sei
Mas aceito tuas mentiras
Mesmo que as creia e as crie.

A verdade anda rara.
A boca, mascara a saliva
O sorriso é escasso
Pelo sincero medo do fracasso.

O que tiveres de belo,
também eu o quero
Como quero tua ausência
Que me agita as entranhas.

Quero teu lirismo,
teu pudor, teu ostracismo,
Tua nudez, teu machismo,
Teu verso de amor
Tua partida em dor.

Deixa meu corpo de lado
(ou de frente, deitado)
E vem beber do meu frasco
esse veneno-bálsamo
de apagar a culpa.

Deixa o amor gritar
a paixão apaixonar
A sedução seduzir
só não me deixa cair
Em tentação
De entregar o coração.


**************


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 29/11/2005
Código do texto: T78649

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248768 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:45)
Lílian Maial

Site do Escritor