Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Profundos beijos...

Profundos beijos
Tão bela boca ao toque
Mãos em carícias
Nos mais profundos toques
O corpo se larga ao prazer
Pela noite adentro sem luz
Tantos perfumes
Tantos aromas
Perdidos em pleno sentido do gozo
Quantas noites como cúmplices
De mais afagos que podiam
E se nada permite
Se faz doer agora todas as lembranças
Sem sentir o calor de suas coxas
Acarinhado em seu colo
Sentido a respiração agitar-se de novo
Para nova explosão
O olhar roto desvia
Noites de frio acalento
O passo mascado pela volta
Sem ter o mesmo sentido
De tantas faces, tudo é estranho
Nem mesmo com o brilho da Lua
Falta claridade para essas folhas
Falta alegria para essa solidão
E algumas desculpas pelo chão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7877
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:55)
Peixão