Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ficou olhando furtivamente...

Ficou olhando furtivamente
Sabia que notaria a qualquer momento
Tinha a quase certeza de trocar esse olhar
Tinha a quase certeza de recebe-lo
Não havia medo nessa vontade,
Apenas uma volúpia de ser desejada
De ver suas vontades satisfeitas
De ter mais que um simples olhar
Queria ganhar um sorriso
Via um pensamento soturno
Queria mais, muito mais.

Ficou impressionado
Aquele olhar, ela não lançava para qualquer um
Estava observando-a há algum tempo
Parecia bem simpática
Notava que ela furtivamente tentava cativá-lo
Nada enganava aquele olhar
Um quase sorriso saiu de sua boca
Um quase desejo saia de sua alma
Havia o interesse na insistência desse olhar
Mas era um olhar, sadio, calmo e especial.

Esses olhares trocados
Escondiam um desejo a mais
O primeiro sorriso
As primeiras palavras
Um leve toque no ombro
Uma volúpia crescente
Um quase encontro
Um encontro, um sorriso, um beijo.

Uma passagem de ônibus.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7884
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:59)
Peixão