Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arg! esta dor no peito...

Arg! esta dor no peito
O frio masca minha resistência
Aumentando esta dor no peito
Aí, que dor!
É como se fossem milhões e milhões
De inocentes gritando e queimando,
Queimando e gritando ao mesmo tempo
Dor, dor, dor
Crava seus dentes, dilacerando a alma,
O ego, o peito em dor
Um rasgo maldito
Como a natureza se vingando
Uma natureza plena e volátil
Em seu estado livre
É alternadamente o agente e o reagente
De uma atração
Dor, doída, dor
Maltratando o físico, o cérebro, a flor
Eu, um organismo masculino mental e corporal
Mas não constante
Você, um organismo feminino mental e corporal
Passivo mas não obtuso
Um raio partindo nossas cabeças
Um grito uníssono, um desabafo
Um porre mal dado, uma cólica
O risco tétrico de um fio
Ceifando uma alegria de viver
E assim, ela vai caminhar amanhã
Em busca de uma próxima vítima.
Coitado.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/03/2005
Código do texto: T7889
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
3231 textos (120199 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 03:38)
Peixão