Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus Pasargada

Adeus Pasárgada,
vou-me embora para o mundo mau
Adeus Pasárgada,
o rei não é amigo de ninguém
talvez o mundo mau seja melhor que aqui
pelo menos não viverei na imaginação
tudo não passa de um surrealismo
criação da minha mente enquanto eu dormia
e acordava todas as noites tendo pesadelos
pesadelo que se chama Pasárgada
Adeus Pasárgada,
Adeus rei mentiroso,
Utopia, sonho de um Dom Quixote
não há Sancho Pança para te iludir,
apenas moinhos para enfrentar
Adeus Pasárgada,
vou voltar pelo caminho onde há flores amarelas,
vou viver minha vida,
a morte...
LameDuck
Enviado por LameDuck em 01/12/2005
Código do texto: T79506
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LameDuck
Rio Claro - São Paulo - Brasil
124 textos (4854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:29)