Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORDER A VIDA (*)

De cabeça baixa,

Mastiguei a vaidade madura do pêssego.

O homem triste que passou

Me lembrou mandacarus

E mandruvás

Ausência de brilhos e batons.


Limpei os beiços molhados

Na culpa horrorosa do caju:

O homem esperava da vida

Apenas sobrevivência.


Mais dia menos dia, era tão claro,

viria uma vontade doida

De me lambuzar na carne sensual da manga

De me embriagar na uva.

Mas eu previa já que, à hora doce,

O homem triste passaria

Ruminando aquele gozo ausente

De casa sem pomar.


Do Livro "O Velho Testamento", Ed. do autor, 1988.
Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 01/12/2005
Reeditado em 10/12/2005
Código do texto: T79780
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25583 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:00)
Nelson Oliveira