Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRANSFIGURAÇÃO




                                  TRANSFIGURAÇÃO...


       É
     Voar na asa duma gaivota,
     até ao vazio do infinito...
     Alcançar a abstracção,
     o desapego,
     o impalpável!

      É
     Voar, voar... voar sem volta,
     para evitar a vulgaridade do finito,
     manter a omissão, a distracção...
     Fugir do apego
     e do palpável!...

     É
     substituir tudo o que é óbvio, comum, claro, vulgar e terreno,
    fortalecendo a sensibilidade perante o sublime, o eterno e o divino...
     Fazer do sofrimento acumulado um sentimento sereno...
     Desfazer pacientemente os nós emocionais do nosso destino...
     Procurar e agarrar a ultima esperança, como qualquer peregrino!...

    É que os sentimentos são a mais valiosa parte da nossa essência!
    Por isso, merecem respeito, submissão e fidelidade...
    São os sentimentos que estruturam e guiam a nossa existencia...
    Pois que são o caminho mais seguro para a paz e a serenidade...
    E ao fazermos esse caminho também estamos rumando à verdade!
   
                   
    E também, para uma paz de espirito inesperada...
    Que só pode ser proporcionada
                                                            pela
                                                                     TRANSFIGURAÇÃO...
                                                             

   
   
     

   
   

     

HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 02/12/2005
Código do texto: T80257
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:16)
HELENA BANDEIRA