Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0211 - Quando vieres


 
Traga-me todos teus sonhos e tuas loucuras,
dos beijos tenho ainda alguns sabores,
do teu corpo preciso de caminhos novos
Quando vieres, traga-me paixão, toda ela.
 
Quisestes as tardes,  dou-te também a noite,
o repouso em um lado do braço,
n'outro avizinham-se partes do melhor carinho
Se acordares, ainda seremos sonhos e amantes.
 
Deixaremos pedaços de prazeres espalhados,
nos corpos também marcas de passos longos,
das mãos, das bocas, minha e tua...
famintas, passeando pelos arredores da nudez.
 
Quando vieres, traga-me o corpo com brilho da lua,
em meus braços tem um vazio que cabe teu corpo,
nos lábios traz um avermelhado como flor qualquer,
os cheiros serão de desejos, os amores os mesmos de ti.

06/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 26/03/2005
Código do texto: T8033
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116055 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 22:56)
Caio Lucas