Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VÉSPERA

Já às vésperas de tua vinda eu me inauguro,

no esplendor de um amor maduro,

concretizado em  séculos de espera.

Já às vésperas de tua chegada, eu refloresço...

estremeço os meus galhos,

cubro o solo de pétalas,

tapete colorido,

estendido à tua passagem...

 

Já as vésperas do teu beijo, eu me preparo:

solto o desejo,

aguardando o raro momento da entrega.

Às vésperas da tua luz,  dissipo as trevas...

porque o teu olhar sempre me leva,

a um novo despertar, nova esperança.

 

E às vésperas do amor, em paz, me dispo...

de coisas fúteis, mesquinhez, de orgulho.

E no teu corpo, sem temor,

mergulho

a fim de renovar a minha vida.

BH - 20.03.05

lisieux
Enviado por lisieux em 26/03/2005
Código do texto: T8036
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14417 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 12:08)
lisieux