Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINAL DO AMOR BONITO

Era tão lindo o nosso amor!

Mas, de repente,
senti sinais de um amor vacilante,
algo estaria errado,
não sabia o que.
Durante um tempo angustiante
tentei rever o amor vivido
desde o primeiro instante.
O encontro quase mágico,
o entrosamento perfeito,
a decisão tranqüila
de viver nosso tempo.
E tudo foi acontecendo,
identificações, diferenças,
coincidências de crenças,
cada um se mostrando
e se conhecendo.
Foram tantas as alegrias que vivemos!
Mais alegrias que tristezas,
dúvidas poucas,
muitas certezas.
Momentos encantados de prazer,
as doçuras trocadas,
as palavras bailando alegremente
entre você e eu,
cada qual mais contente.
Nós dois sempre sorrindo,
naquele tempo lindo!
O carinho constante,
a entrega sem reservas,
na verdade da gente.
Fui analisando cada encontro,
cada telefonema, cada carta,
e percebendo, passo a passo,
nossa ternura sempre farta.
Não via falhas, não achava
o motivo das dúvidas
que o coração atento levantava.

Até que sobreveio a crise
que o tempo costurou
à nossa revelia...
Crise que tanto nos judiou,
minou nossa ternura,
barrou nossa alegria.
Lutamos, relutamos,
tentamos remendar,
pôr panos quentes,
sorrir e disfarçar...
Mas chegou o momento
de enfrentarmos a dor.
Ah, como fomos valentes!
Nenhum de nós queria se perder
depois de tanto amor,
em meio a tanta vida.

Mas nos perdemos
nos aceitando como somos,
nos entregando mutuamente,
nos respeitando,
sem uma acusação,
sem qualquer agressão,
entre soluços, sem um único grito.
Envoltos na ternura de quem soube amar,
nos separamos.

Até pra terminar nosso amor foi bonito!
Sal
Enviado por Sal em 03/12/2005
Código do texto: T80433
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sal
Marília - São Paulo - Brasil, 78 anos
507 textos (44790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:13)
Sal