Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a toi (pour Margarite Youcennar)


como são calmas as tardes
no deleite dos segredos...

como são falsas as noites
em que o cio aquece
o prazer oculto...

como são frios os invernos
em que o corpo estremece
carente, perdido...

como se Youcennar masculinizada
tomasse posse
da fêmea apetecida...

como se perdida fosse achada
no desejo
que encontra...

(...na loucura do sexo!)
João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 03/12/2005
Reeditado em 03/12/2005
Código do texto: T80446

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Videira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
233 textos (16636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:18)
João Videira Santos