Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Constatação



 
 
"...Desvio o olhar
para a noite que cai,
reforçada de um negrume romântico...
E no meu lugar,
o mesmo grito contido
tentando achar algum sentido
 legítimo de vida-viva
diante da rotina consumista
Migalhas do dia-a-dia...
Fantasmas da inércia
que me conduzem para dentro
de uma desordem interior...
Penso em cada átomo
pelo qual me deixei abater...
Na falta da postura ideológica
da minha realização pessoal
e da ausência da crença
em mim mesma...
Uma mulher que não desabrochou,
que viu amarelarem as pétalas
e cairem uma a uma...
Sonhos desperdiçados,
 imaginação perdida,
sensações vividas que transcendiam
o real tempo e espaço...
Simples e perfeitas
as coisas mantém o seu
impecável brilho...
Como uma cozinha limpa.
Ou um copo lavado.
Com as coisas em seus
devidos lugares, me resta a sombra
 de quem sempre  fui
caminhando comigo..."

 
Sonia Pallone
Enviado por Sonia Pallone em 26/03/2005
Código do texto: T8050

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Pallone
Atibaia - São Paulo - Brasil, 65 anos
277 textos (17855 leituras)
2 e-livros (160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 13:58)
Sonia Pallone