Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINADO

Nas algibeiras da alma
Guardei a certeza secreta
A vida nem sempre é tão calma
A morte nem sempre é tão certa.

São tantos os mundos possíveis
Que sou quase tanto que nada
Destinos são sempre risíveis
Se aspiram ao topo da escada.

Por isso eu quisera menino
O riso rasgado e farto
Mas triste é o desenho dos lábios.

Os caminhos que vislumbro
Sabe Deus por quais vidraças
Não parece o fim do mundo

- Será o fim de uma raça?
Aldo Guerra
Enviado por Aldo Guerra em 05/12/2005
Código do texto: T81062
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Guerra
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
296 textos (26102 leituras)
3 áudios (490 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:02)
Aldo Guerra