Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duzentas Vezes Mais

Duzentas vezes eu pude ver o sol nascer
E cada alvorada é como um sonho repetido.
O sol brilha e se põe nas angústias do meu Ser
E a felicidade é um lugar em mim perdido.
Durante a noite escura é que tudo se revela
Pois só na escuridão a sombra se desfaz.
A vida é um trem que passa e nunca nos espera
E o sol virá nascer duzentas vezes mais.
Doador de Poemas
Enviado por Doador de Poemas em 05/12/2005
Código do texto: T81254
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Doador de Poemas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
42 textos (1357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:01)
Doador de Poemas