Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAPIM SANTO

 
Peça-me abrigo, ó vento, voz da tempestade!
Bata em minha porta, fresta-me em vão de vidraça.
De anseios a bonança far-se-á bem tarde
querer tão forte, faz-se utilidade  e farsa.
 
Amor à sorte, tronco em fogueira que arde
fagulhas soltas, vôo em trilhas de fumaça,
minh'alma envolta  em mais uma ilusão que parte.
Sentir tão forte,este, não será trapaça?
 
Eis que afianças meu amor em confiança
pagar-te-ei em mil e um dias de sonhos
de graça a graça faz-me a graça de um jardim.
 
Minimamente um beijo não requer fiança
verdade toda de um bem-me-quer risonho,
 meu coração cheirando a capim santo em mim
 
 
 
 
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 05/12/2005
Reeditado em 25/02/2014
Código do texto: T81339
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11440 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:40)
Elane Tomich

Site do Escritor