Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vingança

Vingança
De Iolanda Brazão

Mundo podre
Esse que vivo
Cretinos, imbecis, sádicos
Vocês terão seus castigos
Custe o que custar
Vocês  não perdem por esperar
Cuspirei nas suas faces
Todas as calúnias, todas as revoltas
E nunca lhes abrirei as portas
Nunca lhes darei perdão
Quero que vocês fiquem
Estirados pelo chão
Em plena e completa escuridão
Iguais aos vermes
Sujos, podres, fedorentos
Rastejando ao relento
Comendo suas próprias sujeiras
Pagando seus pecados
Só assim ficarei feliz
Vendo todos vocês
Estraçalhados, arrasados e condenados.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 05/12/2005
Código do texto: T81386

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32021 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:05)
Iolanda Brazão