Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0214 - Espero


 
Espero teus olhos buscando minhas loucuras,
necessito da alma presente na outra alma
e os vícios da paixão menos acanhada nos nus.
 
Não permitas beijos de outra boca,
mesmo que os vermelhos sejam mais vivos,
minha paixão tem nuances visíveis só a ti.
 
Espero as batidas do outro lado da cama,
um coração colado no peito como se fosse meu...
ao lado, os desejos junto à paixão crua.
 
Espero-te no escuro forte da companheira solidão,
sem os calores que me aquecem a alma,
sou um pequeno mundo onde cabe apenas teus olhos.
 
Quando de volta sorrir, deixarei meu amor ir de mim,
só então os desejos dormirão entre lençóis limpos,
até que tudo viva, até quando amor, até nós.
 
08/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 28/03/2005
Código do texto: T8208
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:03)
Caio Lucas