Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Viagem

Viaja no tempo da morte
Sente no peito algo mais forte

    Vê no nada algo já escrito
    Viaja no nada agora infinito

Tem visão das mais obscuras
Ve, na morte, cruéis criaturas

    Na eterna dor, que sente agora
    Blasfema, grita e chora

Já não se controla o sofrimento
Viaja no mais tenebroso tormento

    Tenta a volta, mas só tenta
    Preso ao demônio que agora atenta

E vê que o demônio é ele mesmo
Lutar contra si, é lutar à esmo

    A viagem à morte é mais voraz
    Do que imagina o próprio Satanás.

Liberta agora d'um tranquilo sono
Bate no peio o terrível abandono

    Flutua entre temível terreno eterno
    falo: Inferno! Inferno! Inferno!

Repousa agora em seu eterno porto
Eis que chega em tua casa, o morto.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 28/03/2005
Código do texto: T8221

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 05:51)
Júnior Leal