Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um chamado selvagem...

Um chamado selvagem
Corroi minhas entranhas
Tudo vira do avesso, quase reverso
Todos os pensamentos se esvaem
Uma loucura sem nenhuma droga
Não preciso disso
Eu quero meu tesão em pé
É isso o que eu preciso
O lado do beco, sentido contrário
Ruela da chuva fina que escorre no bueiro
O olho na luz do brilho dos olhos, & o amanhã.

Peixão89
Desabafos 2 - 1999-2000
Peixão
Enviado por Peixão em 28/03/2005
Reeditado em 31/07/2009
Código do texto: T8242
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
3231 textos (120199 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 09:06)
Peixão