Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Subestimar


Duvidei da sua capacidade
Deixei-me levar pela vaidade
E pelo orgulho
Por isso que simplesmente te ignorei
Agora dou um salto e mergulho
Num mar de arrependimento
Remorso e ressentimento
Acompanham-me por onde eu vou
Meus pensamentos já não obedecem
Ando pelas ruas, não olho o semáforo
Quase sou atropelado, mas as pessoas não percebem
Talvez nem estejam me vendo de tão distante que estou.

Duvidaram da minha capacidade
E isso foi esses dias em que ainda estava desnorteado
Mas ninguém ficou arrependido e nem se sentindo culpado
Quero ver quando duvidarem da capacidade
Dessas pessoas e ela sentirão o que senti
Ficarão fora de si
Andarão pelas ruas sem saber aonde ir.

Agora não subestimo mais ninguém
E quando me subestimam
Finjo que não aconteceu,
Mas quando a oportunidade vem
Eu mostro que tenho capacidade de fazer o que posso.
Se você subestima alguém,
Pense como seria se subestimassem você
O que sentiria?
Não fale que sairia
Por ai atravessando a rua sem olhar pros lados
E caísse no chão atropelado,
Porque isso quase aconteceu comigo
E não foi porque fui subestimado
E sim porque subestimei meu melhor amigo.

21/07/04
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 08/12/2005
Código do texto: T82500
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42664 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:51)
Miguel Rodrigues