Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um velho mercado no canto...

Um velho mercado no canto
Uma rua qualquer
Algumas pessoas passando, passando
Os mesmo buracos de sempre
A janela se abre num prédio distante
Era a mulher com cara de meio-dia
Pombas cagam, penduradas no arame
Uma bituca, um mendigo
Uma tragada no chão
Esse velho mercado no canto
Mais uma folha que cai no chão
Mais um dia numa rua qualquer.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 28/03/2005
Código do texto: T8252
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:31)
Peixão