Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTRA FLOR COM DEFEITO – a flor é um dia

o instante limítrofe
entre noite e dia
Já seu manoel acendeu a padaria
a pequena distância
sedento por dinheiro
o livreiro a livraria
badalaram os sinos
da primeira novena
chamando crentes e devedores
à décima parte
o som do dízimo dizimia
profanidade em novenaria
um besouro rotundo e negro
colidiu na vidraça
era um olho alucinado
sôfrego por leitura
veio visitar minha palavraria
mais um dia com defeito
besouros não precisam ter motivo


www.veropoema.net 

Edmir CARVALHO BEZERRA
Enviado por Edmir CARVALHO BEZERRA em 09/12/2005
Código do texto: T82788
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir CARVALHO BEZERRA
Belém - Pará - Brasil
55 textos (5346 leituras)
5 e-livros (14875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:07)
Edmir CARVALHO BEZERRA