Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escutei um ronco aflito...

Escutei um ronco aflito
Outro, espaçado e rude
Não tem mais o brilho nos olhos
Estão caindo, caindo, caídos
Quase andam de quatro
Um gato, um gato, fugiu, que merda
Vão ter que esperar mais um pouco
Quanto tempo, quanto...
Faz frio, um frio que dói
Ah! como dói, dói tanto
Outro ronco, um princípio de choro
Convulsão, espasmo
O corpo treme, é frio
Não, não é
O ronco vem de baixo
É fome, fome mesmo
Não dá para esperar mais
Mais um corpo estendido no chão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 28/03/2005
Código do texto: T8330
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:54)
Peixão