Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espaço, abre sobre porta,...

Espaço, abre sobre porta,...

Espaço, abre sobre porta,
De lugar algum
E eis que querem tomá-lo
Como se fosse pedra por pedra
Algo posto & reposto
Que se tira, & atira,
De canto a um canto comum
Incomum é a passividade
Privado a este espaço
Porta fechada, fim de papo,
Rola cara abaixo, cara amassada,
As gotas, esgoto, não são águas passadas,
Mas amargas
Como o gosto
De um desgosto qualquer.

Peixão89
Reflexos - 1984

Ainda engolimos vários desgostos. Ainda.
Peixão
Enviado por Peixão em 28/03/2005
Reeditado em 16/07/2009
Código do texto: T8338
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:48)
Peixão