Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se Parto...

Se parto... Não vou só...
Levo amostras de tudo,
Do que sou, do que me faço, do que me refaz...

Colho pétalas... Só algumas,
às que intercalam os mal-me-queres...

Gotas de perfume... Não em frasco,
em atos, gestos e abraços...

Levo um pouco dos sonhos no meu travesseiro,
deixo o resto que adormeça tranqüilo...

O refrão necessário para afugentar a saudade:
"Só um cantinho do seu coração"...,
e me apodero de muitos outros cantos...

Se parto... Me reparto...
Metade é caminho... Metade é espera,
Metade é ansiedade... Metade é saudade.
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 10/12/2005
Reeditado em 21/05/2006
Código do texto: T83411

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14087 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:20)
ziza Silvestre