Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO PASSA***

O TEMPO PASSA***

                       

 

 

O tempo passa, e com ele aproxima o fim...

Nós não podemos esquecer de nossas vidas.

Que com passar do tempo, Vê se chegar ao final.

Ou, quem sabe o inicio de uma nova era.

Novos tempos, novas vidas...Muitos sonhos

O que será que vem depois da etapa final?

Gostaria tanto de saber, mas e tão difícil entender...

Leio e releio, livros e mais livros, e não consigo achar resposta...

Embora seja tão difícil de entender,

Acredito eu que é uma das coisas mais sérias nesta vida.

E que deveria ser observada com mais atenção,

Mas vejo também que fica tão esquecida e ninguém quer pensar no amanha,

Principalmente quando falamos após esta vida...

Sei que conheço quase todas as resposta,

Mas ainda tenho muitas perguntas a fazer...

E também tenho muito que aprender.

Lembro-me agora de muitas coisas que deveria ter feito, e ainda não fiz, mas nunca e tarde para começar a pensar no que se perdeu por falta de tempo ou falta de interesse...

 

Deveria ter amado muito mais do que já amei...

Deveria ter dado mais atenção àquelas pessoas que tanto me amaram e eu nunca fiz questão de ver...

Por que naquele momento não era interesse meu,

Que pena!!! Eles me amavam e eu não vi, fingi não ver...

Que pena!!! Só queriam minha atenção...

 

 

 

Quantas vezes em minha vida sair de casa para o trabalho com a cabeça cheia de problemas do dia a dia e não percebi que lá fora havia um sol lindo me esperando, e acima deste sol havia um ***DEUS*** maravilhoso querendo me agradar e aquecer o meu dia me dando o que tinha de melhor...

 

Que pena!!! Eu nunca percebi...

 

Deveria ter errado mais na esperança de acertar, e com isso me tornar um ser humano capaz de estender a mão para quem olha para mim na esperança de uma ajuda ou simplesmente um sorriso para alegrar sua triste caminhada nesta vida...

Que pena!!! Nunca prestei atenção em ninguém...

 

Que pena!!! Meu ***DEUS*** eu não percebi estava tão atribulada pensando em mim, e meu egoísmo não deixou eu o olhar a meu redor... Que pena!!!

 

Queria ter acertado mais...

Ter visto mais...

Ter sonhado mais...

Ter amado mais...

 

Principalmente ter aceitado mais as pessoas como elas são, sem ver cor...

Sem ver raça...

Sem ver religião...

Sem ver sobrenome...

 

Simplesmente ter aceitado a vida como ela é, as pessoas como elas são não deveria ter colocado tantos obstáculos em minha vida...

 

Que pena!!! Metade de uma vida se foi em um mundo de desenganos e agora vejo o quanto errei...

 

 


 Deveria ter complicado menos, ter vivido mais e não ter levado a vida tão a serio a ponto de esquecer de mim mesma e não ver que a maior prejudicada até hoje fui eu...

Devia ter me importado menos com problemas pequenos e aceitado a vida como ela é, com alegrias e a tristezas...

 

Que pena!!!

 

O ***DEUS*** por que demorei tanto para ver o que o Senhor sempre tentou me mostrar...

Por que? A sabedoria para entender suas palavras demorou tanto para chegar, seu livro foi o que mais li e não conseguia compreender, ainda bem o Pai que abriu minha mente a tempo de enxergar que só chegamos a ti quando somos chamados, e agora eu posso concertar todas as minhas falhas... Obrigado Senhor!!!

 

 





 

 

Autora Nadir Vilela

(direitos autorais reservados)

Em 11-11-2005 Brasil-Itatiaia-Penedo
Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 10/12/2005
Código do texto: T83703

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84738 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:03)
Nadir Vilela Poetisa