Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrago De Bom

Estrago de bom faz o beijo,
ainda que breve, ainda que tarde...
que encurta a distância, e assim nesta ânsia,
conserta a saudade...

Estrago de bom faz a palavra,
que de novo nada tem,
diz-se amo você de todos os jeitos,
mas desse seu jeito...
quero de novo esse estrago!

Olhar pausado, que estrago!
dando trégua ao passado,
de presente só o agora...
do amanhã nada se sabe...

Mas estrago mesmo faz o AMOR...
que se conserta só com outro AMOR...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 11/12/2005
Reeditado em 31/05/2006
Código do texto: T84634

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14084 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:40)
ziza Silvestre