Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sossego Em Seu Silêncio

" Olhei pro amanhã e não gostei do que vi. Sonhos são como deuses. Quando não se acredita neles, deixam de existir.
Lutei por sua alma, mas admito que perdi " ( Paulinho Mosca).



Sossego Em Seu Silêncio

Em uma mesa de bar
cerveja, petisco
a beleza do seu olhar
o rio do seu corpo
mas você chega com um sorriso nervoso,
com um discurso pronto.
Não deixa espaço para o meu canto.
Saio daquele recanto com os olhos marejados de lágrimas
que misturadas com os pingos da chuva, inundam a minh 'alma
completa assim, um triste quadro de fim de tarde.
Fica para sempre em meu coração a vontade
e a saudade de fazer sossego em seu silêncio.


Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 12/12/2005
Reeditado em 15/12/2005
Código do texto: T84889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1280 textos (127689 leituras)
11 áudios (1581 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:21)
Roberto Passos do Amaral Pereira