Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JOAO FOI PRA CIDADE

A cidade “tali”,
“mecê” desce
No fim da rua,
vira “as” direita
“Envita” o bonde,
“adespois” cruza
“Pra” esquerda,
Sobe em “riba” da ilha no meio “davenida”,
espera, cuidado...
Que os “carro” passou,
Da banda de lá,
“Mecê” logo vê “adonde” o “filipi”
“Caçadô” de nhambú,
De barbicha “rala”
Vende bebida lá da terra de mim
É ali “adonde” “mecê” pode a “acorfirmá”
“Si” é da bôa “veia” guardada
Quando me bate aquela coisa,
Esquisita,
Penso que é “sodade”
Eu bebo de se “satisfaze”,
“Adespois” é so sai,
A cidade “talí”
“Mecê”, “inté”, da abraço nos “meo”
Diz que até vou indo “regulá”
Diz que quando junta uns “cóbre”
“Vorto” pra casa minha
“Inté,” da abraço nos “meo”
Tive gosto de “aprosea” com “vosmece.”

  ( D'Eu )

Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 29/03/2005
Código do texto: T8503
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:58)
Sidnei Levy