Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dança das Chamas

O ódio nasceu a nodoar túmulos abençoados
E sob o calor da lua púrpura
Serafins riem entre devaneios blasfememos

Escuto um choro rasgando o silencio
Que aflora anathema (maldição)
Exalando um sândalo de morte ..
Carne : Desejo ...putrefação...
Será um pesadelo ?
Não .....
Sinto o anelar dos meus sentidos
e suplico pelo fim desse cheiro de carnificina.

O açúcar...sal
A água...vinho
O vinho...sangue
A terra, o fim ..
Um inferno sem fim ..

Anjos libertinos dançam ao redor das chamas
O fogo possui...
Vejo um mulher a arquejar enquanto
O bramir das trevas avisa a subida do pai ...

Êxtase de dor..
Ódio encarnado..
O vago parasita..
(meu corpo some)
Anjos libertinos
A chama já apagou..
Parem de dançar .
Rosalice
Enviado por Rosalice em 13/12/2005
Código do texto: T85148
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosalice
São Luís - Maranhão - Brasil, 32 anos
55 textos (2739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:16)
Rosalice