Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM POUCO DE MIM

Sou vento que sopra
Entre caminhos negros
Obscuros... ocultos
Busco respostas
Desvio, paro, reflito
Encontro abrigo, viajo
Purifico

Sou chuva que molha
A boca, o pensamento torto
Do devaneio, da loucura
Levo a um fim... propositura
De uma louca e insensata
Secura de vida

Sou terra que abriga
A seiva da alma
Da planta fecunda
Que brota viva
Entre minhas formas
Tortas... me conforta
Me sustenta

Sou a lua, brilho da noite
Entre estrelas me vejo
Ora cheia de vida
Ora minguante em paixões
Sempre amor crescente
Re(nova)-se o ser
Num instante...

Quisera ser sereia
Anjo, deusa...
Resquícios de mim
Sonhos mal acabados
Realidade suportavelmente bela
Que dá o tom da vida
A cor da felicidade

Me tira do obscuro mundo
De desejos escuros
De tristeza latente, insistente
Dai-me a forma que me cai bem
O real e próprio de mim
Que me faz completa da minha maneira
Aprendiz de Mulher
Enviado por Aprendiz de Mulher em 13/12/2005
Código do texto: T85285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aprendiz de Mulher
Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
67 textos (5411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:37)
Aprendiz de Mulher