Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah! final de tarde...

Ah! final de tarde que me chega
Tantos brilhos vejo no olhar
Tantos beijos a me esperar
Nada pode impedir
Ficamos para amanhã.
Esperando novos momentos
O fogo soltando pelas entranhas
Mil bobagens lançadas ao ar
Mais sede ainda
Ficamos para depois.
Ensandecido na paixão
Mãos tremendo de fervor
No semblante só um pensamento
Outros beijos a esperar
Hoje nada pode faltar
E as luzes se apagam.
Ser de destino
Destino que leva a vida
Levando a cada dia
Um dia na vida da gente
Gentil espera oportuna
Cânticos de nova vida
Ah! amor em seus prantos
Espelho da alegria de ontem
Hoje ou amanhã, logo depois
Nos braços hei de esperar

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 29/03/2005
Código do texto: T8542
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:29)
Peixão