Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A fumaça que transcende...

A fumaça que transcende
O limite da janela, dia sem luz
Baixaram os sons das cítaras
Um tom menor em outras melodias
Tem uma alma nova
Vagando no velho mundo eterno
Pára, é um encontro de amigos
Se quando o sonho acabou
Alguma coisa depois soou
Voz e pássaro, eram ruas, Liverpool
Volume 1 e 2 que não se encontram em lojas
Esses amigos, infância e vida
Novas formas de falar de amor
Para aqueles que vão ficar
Sobras, saudades & solidão
Mais um coração calado
Mais uma balada para outras vozes
A fumaça ainda transcende
Como todos os tons da cidade, mundo
Pedras do dia, perdas e ganhos
Se ganha em lembranças
Nos sons das cítaras, que nem se calam
Bye, George.

Peixão89
(30/11/2001 12:12:46)
Peixão
Enviado por Peixão em 29/03/2005
Código do texto: T8567
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:27)
Peixão