Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desalento

Que desalento eu sinto,
Que tristeza infinita
Habita os dias meus!
A flor que era só minha
Das promessas esqueceu
Saiu ao vento, que desdita!
Seu néctar a outros pertenceu.
Gorki Silva
Enviado por Gorki Silva em 14/12/2005
Código do texto: T85782
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gorki Silva
Fortaleza - Ceará - Brasil
286 textos (17484 leituras)
3 áudios (612 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:33)
Gorki Silva