Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu não pude seguir os meus passos...

Não...
eu não pude seguir os meus passos...
me perdi num caminho sem volta...
me escondi de perguntas sem resposta...
eu tive medo do dia seguinte...
chorei sem derramar lágrimas...
e me joguei num poço vazio...

a cada dia que passa...
me sinto mais distante de tudo...
me encontro em lugares que nunca estive...
e nenhum deles existe de verdade...
são ilusões dessa mente doentia...
que luta para se libertar...
mas não tem coragem de atravessar a porta...

e mais dias foram passando...
onde meus pensamentos me enganavam...
me trancavam nessa sala vazia...
sem som e sem luz...
para que eu pudesse refletir...
e tudo que fiz foi arranhar as paredes...
e gritar para ninguém ouvir...

e acordar ofegante desse pesadelo...
acordar num lugar estranho...
onde as pessoas não tinham rosto...
e as risadas vinham de todas as direções...
como se quisessem me atingir...
e me errassem por alguns milímetros...

me ajoelhei no meio do caminho...
tentei rasgar a minha pele...
para saber o que tem dentro de mim...
toda essa mentira que é a vida...
e a morte que vem contar a verdade...

Então eu fecho mais uma vez os olhos...
e me perco nos caminhos desconhecidos...
para um dia encontrar um motivo...
ou talvez as respostas de perguntas que não foram feitas...
Daniel Steinberg
Enviado por Daniel Steinberg em 14/12/2005
Código do texto: T85806
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Steinberg
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
152 textos (5507 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:41)
Daniel Steinberg