Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resolvi pôr um livro para apreciação

Resolvi pôr um livro para apreciação,
Enchi-me de ânimo e decidi-me a remetê-lo.
De boa índole lá me responderam, mas
Antes não o fizessem, do que dizerem que
Os meus poemas tinham uma boa construção.
Boa construção!? Os meus poemas são tudo
Menos obras pré-concebidas, são puros.
Porque disseram eles então que os meus poemas
Tinham uma boa construção? Para serem
Simpáticos? Mas eu não pedi para serem simpáticos,
Se eu pedisse para serem simpáticos, então poderiam ter dito:
Os seus poemas têm uma boa construção!, mas eu não
Pedi para serem simpáticos, mas para lerem
Com atenção os meus poemas, então porque disseram eles
Que os meus poemas tinham uma boa construção?
Dissessem eles da pureza de meus poemas,
Que não era do seu agrado, e eu entenderia, para isso
Eu lhes tinha enviado desde sempre os meus poemas,
Para que os apreciassem e fossem correctos com eles,
Não que os tratassem como coisa outra.
Mas se os meus poemas são puros não podem ter boa
Construção, então porque disseram que os meus poemas
Tinham uma boa construção, quando eu apenas pedi
Um pouco de atenção?

Jorge Humberto
29/03/05
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 29/03/2005
Código do texto: T8593
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66675 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:29)
Jorge Humberto