Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A viagem

A tua viagem para o além deixou dor mais amarga
sofrida que um dia eu pensei vir a sentir.

Quando soube da tua partida o meu coração
quase me abandonou, minha alma ficou gelada,
o meu ser se petrificou.

Senti que parte de mim tinha ido contigo
nessa viagem sem regresso.

A imagem que tenho de ti é a nossa última conversa de sábado.

Quando me lembro que partiste sem te despedires de mim
depois daquele sábado, a minha dor aumenta.

Mas... compreendo que não querias que eu sofresse com tua partida repentina
por isso não nos voltamos a ver em nenhum dos momentos mais doloroso
pelo qual um ser humano pode passar.

Como consolo tento recordar o nosso último encontro,
mesmo assim não consigo aceitar a forma como partiste.

Sabes pai, as saudades que deixastes com esta tua viagem sem regresso
deixa um vazio enorme dentro do meu peito,
onde muitas da vezes me faltam as forças para continuar a viver.

Sei que não é isto que tu esperas de mim, mas Prometo-te que vou tentar
encontrar forças dento de mim para continuar a VIVER.
Débora de Andrade
Enviado por Débora de Andrade em 15/12/2005
Código do texto: T86159

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora de Andrade
Portugal
58 textos (3727 leituras)
10 e-livros (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:07)